Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 13 de Dezembro de 2018
 
08/08/2018 - 16h32
Assembleia emite nota reforçando que deputado não está entre os alvos do Gaeco
Redação
Correio do Estado
Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul emitiu uma nota de esclarecimento sobre a operação Grãos de Ouro, realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Mato Grosso do  Sul e outros seis estados. Isto porque, ações contra o servidor Marcos Antonio Silva de Souza foram realizadas, na manhã de hoje, no gabinete do deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB). 

Em nota, a assessoria da Casa de Leis informou que, o servidor não foi preso e que, “a promotora de justiça Cristiane Mourão, acompanhada de Marcos Antonio, verificou - única e exclusivamente - a mesa do servidor, sem que nada tenha sido levado”. 

Ainda conforme a publicação, “o funcionário está cedido ao gabinete do deputado Paulo Corrêa, que - reforçamos - não é alvo de nenhuma investigação”. 

GRÃOS DE OURO 

O foco da ação é sonegação fiscal em operação de compra e venda de grãos.

Ao todo, 32 mandados de prisão preventiva e outros 104 de busca e apreensão da operação chamada de “Grãos de Ouro” estão sendo cumpridos em Mato Grosso do Sul e outros seis estados.

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: [email protected]
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354