Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 20 de Agosto de 2018
 
09/08/2018 - 16h03
Bandido é preso e motorista resgatado após ser torturado em falso frete
Redação
Campo Grande News

Um assaltante foi preso e outro conseguiu fugir na noite de ontem (8) após assaltarem um caminhoneiro de Santa Catarina, atraído para um falso frete em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O roubo foi frustrado por uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na BR-163, no trecho entre Dourados e Caarapó.

O motorista, Willian Oliveira de Farias, foi torturado, sofreu um corte no pescoço provocado pela faca usada por um dos assaltantes e estava sendo mantido refém enquanto a dupla levava a carreta para a região de fronteira.

Está preso Leandro Henrique Rivas Pontes, 20, morador no residencial Eucalipto, em Dourados. Ele acusou o comparsa, identificado apenas como Marinho, como mentor do assalto. Disse que o amigo o chamou para “fazer uma fita”, mas não teria contado que se tratava de um assalto. Marinho conseguiu fugir.

De acordo com o DOF, o assalto foi descoberto por volta de 20h de ontem quando uma equipe encontrou a carreta Scania com placa de Joinville (SC) na BR-163, saída para Caarapó. Ao perceber a viatura, o motorista retornou em direção a Dourados.

A equipe acompanhou a carreta e tentou fazer a abordagem, mas o motorista continuou em frente e chegou a fechar a viatura, jogando o caminhão na pista contrária.

Após quase 15 km de perseguição, o motorista da carreta reduziu a velocidade, abriu a porta e pulou na estrada junto com o outro homem que seguia no banco do passageiro. O motorista correu para o mato e conseguiu escapar. Leandro Pontes também correu para o mato, mas foi localizado por uma equipe da Polícia Militar e preso em flagrante.

Torturado – O caminhoneiro Willian Farias disse que foi contratado por telefone para vir a Dourados buscar uma carga de milho. Quando chegasse na cidade, ele deveria procurar os dois homens que o levariam até o local do carregamento.

Conforme combinado, William se encontrou com os supostos ajudantes na entrada da cidade, na BR-163, e foi informado que deveriam seguir até Amambai, para pegar a carga. Assim que embarcaram na carreta, um dos homens colocou uma faca no pescoço do caminhoneiro e anunciou o roubo.

Após parar a carreta por ordem dos assaltantes, o caminhoneiro foi amarrado com fitas plásticas conhecidas como “enforca gato”. William disse que sofreu agressões físicas e psicológicas, sendo ameaçado de morte a todo momento. Ele estava com um corte no pescoço, provocado no momento em que o assaltante colocou a faca em sua garganta.

O assalte que fugiu para o mato, chamado Marinho, segundo contou o outro bandido, estava usando casaco marrom e calça jeans, tinha cabelo curto espetado e usa cavanhaque. Leandro, o assaltante preso, disse que o bandido foragido é seu vizinho na Rua Hatsujiro Kudo, no residencial Eucalipto.

Leandro foi autuado em flagrante por assalto na Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira). Na carreta os policiais encontraram uma faca de cozinha grande, usada no assalto, um par de tênis e um boné preto, deixados pelo assaltante que correu para o mato.

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: contato@dahorabataguassu.com.br
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354