Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 03 de Julho de 2020
 
09/01/2020 - 14h03
MS produzirá 19,5 milhões de toneladas de grãos em 2020, aponta Conab
redação
Correio do Estado

Mato Grosso do Sul terá produção de grãos recorde em 2020, conforme dados divulgados nesta quarta-feira (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em seu quarto levantamento. Conforme os dados, a produção de grãos está estimada em 19,57 milhões de toneladas na safra 2019/2020, aumento de 6,8% comparado ao desempenho da safra 2018/2019 de 18,31 milhões de toneladas. 
 
Além do volume produzido, o Estado deve ter aumento na área semeada, a estimativa é que sejam cultivados 4,96 milhões de hectares ou o equivalente a uma variação positiva de 1,9% em comparação à da safra anterior, quando foram registrados 4,87 milhões de hectares no Estado.
 
Entre as culturas, o destaque vai para a produção de soja, que chegará a 9,49 milhões de toneladas na safra 2019/2020, aumento de 11,6% em relação a safra anterior quando foram produzidas 8,50 milhões de toneladas de soja. A área semeada de soja também será 3,4% maior nesta safra com 2,95 milhões de hectares contra 2,85 milhões no ciclo anterior.
 
O resultado do milho também será positivo em Mato Grosso do Sul. O aumento no volume produzido é estimado em 3,1%, conforme o levantamento da Conab. No ciclo 2019/2020  a produção do milho será de 9,66 milhões de toneladas contra 9,37 da safra anterior. A quantidade de áreas de cultivo permanecerá exatamente igual com 1,86 milhões de hectares.
 
A Conab aponta ainda que o País deve registrar um novo recorde na produção de grãos. A estimativa da safra 2019/2020 de grãos é de produção de 248 milhões de toneladas, aumento de 2,5% ou 6,1 milhões de toneladas em relação a 2018/2019.
 
Já a expectativa para a área semeada é de cultivo de 64,2 milhões de hectares, aumento de 1,5% em comparação à da safra anterior. As condições climáticas, que apresentaram certa instabilidade no início do plantio de verão, na maioria das regiões produtoras, tomaram agora um novo ritmo de normalização. A perspectiva é que os níveis de produtividade apresentem bom desempenho nessa etapa.
 
A cultura da soja, que vem mantendo a tendência de crescimento na área, nesta temporada também deve crescer a produção em 2,6% em relação ao ciclo passado, chegando a 122,2 milhões de toneladas.
 
Quanto ao milho primeira safra, a previsão é de aumento em 1,1% na área semeada, totalizando 4,15 milhões de hectares e uma produção de 26,6 milhões de toneladas, com ganho de 3,8% sobre a de 2018/2019. A favor desse desempenho, há fatores como o aumento nas exportações brasileiras do cereal e no mercado interno, derivados da demanda por confinamento e produção de etanol, mesmo a despeito da concorrência com a soja. 
 

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: [email protected]
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354