Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 10 de Abril de 2020
 
25/03/2020 - 12h32
Militares e PF fecham trilha clandestina na fronteira com a Bolívia
redação
Campo Grande News
(Foto: Divulgação) 

Militares do Exército, da Força Nacional e agentes da Polícia Federal que atuam na fronteira entre o Brasil e a Bolívia na divisa em Corumbá, a 419 km de Campo Grande, identificaram uma trilha clandestina na região, fechada para passagem na manhã de terça-feira (24).

O objetivo, conforme divulgado em nota, é evitar que as pessoas rompam a barreira sanitária instalada pelas equipes da Operação Hórus, que atuam no combate aos crimes de fronteira, como contrabando, descaminho, roubo de veículos e tráfico de drogas e armas.

Do lado brasileiro da fronteira, no Posto Esdras, há fiscalização do Exército, Força Nacional de Segurança e Polícia Federal no controle de migração, conforme determinou o Governo Federal, medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Já no lado boliviano, a fronteira está fechada e controlada por militares do país vizinho. Apenas caminhões de cargas podem trafegar de um lado para outro.

A rota clandestina foi identificada depois de vistoria feita por policiais da Operação Hórus. Além de ser usada por criminosos, com as fronteiras fechadas, muitas pessoas faziam a travessia a pé, para ir de um país a outro.

Durante a operação, foi preciso abrir vala no local, com uso de retroescavadeira e apoio da Secretaria de Segurança da Prefeitura de Corumbá. As estradas clandestinas na faixa de fronteira não são novidade e são chamadas de "cabriteiras". É a forma usada pelos criminosos para tentar enganar a fiscalização na área de fronteira seca.

 

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: [email protected]
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354