Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 12 de Dezembro de 2017
 
11/08/2017 - 15h00
Para evitar novos atrasos, obra da Euler de Azevedo é acelerada
Redação
Correio do Estado
Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

A duplicação da Avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande, corre contra o tempo para dar conta de ser entregue até 30 de novembro, prazo dado pelo governo do Estado para inauguração. Isso porque, a partir do mês de outubro, o período de chuvas recomeça, o que pode atrapalhar o avanço do projeto, iniciado em julho do ano passado.

A implantação de todo o sistema de drenagem das águas das chuvas já foi concluído ao longo dos 4,5 km da obra e a fase atual é de asfaltamento.

Trabalhadores informaram que o último trecho a ser aberto, na semana que vem, será entre a Avenida Presidente Vargas até a Rua Imbirussu e as áreas já abertas devem ser concluídas em dez dias. 

Duas empreiteiras realizam a obra. A Anfer Engenharia é responsável por trecho entre a Avenida Presidente Vargas até a entrada da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) – totalizando 2,5 km –, e a Construtora São Luiz duplica o trecho entre a Uems até a MS-080, na altura do anel viário inacabado de Campo Grande, percorrendo 2 km. Ao todo, 4,5 km passam por obras.

A Anfer tem contrato de R$ 8.910.262,29, dos quais R$ 300.156,59 correspondem a aditivo. Já o contrato da São Luiz é de R$ 7.496.719,65, mas o inicial era R$ 6.106.804,71. Aditivo de R$ 1.389.914,94 foi concedido em razão de mudança no projeto de drenagem da obra, que sofreu desvio para desaguar no Córrego Imbirussu.

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: contato@dahorabataguassu.com.br
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354