Domingo, 26 de Junho de 2022
21°

Poucas nuvens

Bataguassu - MS

Bataguassu Política

Em Bataguassu, PSDB sofre baixa após anúncio de desfiliação de lideranças políticas no município

Pelo que foi apurado, o partido poderá perder de 40 a 50 membros inicialmente;

15/06/2022 às 14h44
Por: Tiago Apolinário Fonte: Da Hora Bataguassu
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Durante uma coletiva a imprensa local em Bataguassu, no final da manhã desta quarta-feira (15), um grupo de lideranças políticas, que até então estavam filiados ao PSDB, anunciaram a saída do partido.

O grupo é composto pela ex-vereadora e atual secretária municipal de Educação, Regina Dovale; o ex-vereador Francisco Lopes Cardoso Júnior - o Júnior Batata e o atual secretário municipal de Finanças e Orçamento do município, José Carlos Zanardo - Zelão.

Em sua fala, Regina destacou que foi deixada de lado pelo grupo político em que pertencia. Para ela esse não era seu desejo, pois seu principal intuito é contribuir para ajudar não só o partido mas também toda a população. 

Ao ser deixada de lado, Regina disse ter se sentido em escanteio sem poder contribuir, porém, conhece sua força e acredita que tem muito a oferecer e, por isso, optou pela saída do partido.

Ainda Regina pontuou a importância que o grupo deveria ter neste momento de ano eleitoral, sendo que há um pré-candidato do município pelo partido, o ex-prefeito Pedro Caravina, porém, em nenhum momento houve diálogo.

Júnior Batata reafirmou a fala de Regina Dovale e ainda segundo ele deveria se pensar em grupo, porém, isto não estaria ocorrendo, ficando os membros sem espaço de participar. 

Batata enfatizou que por optar por não apoiar o atual candidato do partido no município e ao dizer que iria apoiar outro pré-candidato, sofreu represália, perdendo o seu cargo que exercia como chefe da Sanesul no município.

Batata ainda enfatizou em sua fala, que atualmente dentro do PSDB, não há respeito pelo nome das lideranças e que o partido não pode ter "coronéis" definindo o que o grupo deve pensar.

Diante do descontentamento por parte dos membros que estão entre os principais nomes das lideranças políticas no município, com essa saída enfraquece a base tucana em Bataguassu, partido também do ex-prefeito Caravina, que é atual pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Apurado pelo Da Hora Bataguassu, o partido pode sofrer uma baixa entre 40 a 50 membros, que poderão se desfiliar com as saída das principais lideranças. A redação procurou o ex-prefeito e pré candidato a Deputado, Pedro Arlei Caravina, porém o mesmo não retornou às mensagens.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias