Sábado, 15 de Junho de 2024
17°C 34°C
Bataguassu, MS
Publicidade

Testemunhas começam a ser ouvidas sobre ‘racha’ que terminou com idosa ferida a tiro no Coophavila

Vítima continua sob cuidados médicos

11/06/2024 às 13h02
Por: Alisson Gabriel Fonte: Jornal Midiamax
Compartilhe:
Jornal Midiamax
Jornal Midiamax

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas nesta terça-feira (11) sobre o caso de um suposto ‘racha’ que terminou com uma idosa, de 60 anos, ferida a tiro no bairro Coophavila, em Campo Grande.

As testemunhas devem ser ouvidas ao longo do dia, inclusive o advogado da família da vítima esteve na delegacia pela manhã.

Não foi informado o atual estado de saúde da mulher, porém ela foi socorrida em estado grave. O tiro atingiu o braço e transfixou acertando também o abdome.

Racha e tiros
A vítima passeava de carro com o filho, nora e netos pela Rua da Península quando outros dois carros, um Audi de cor vermelha e um Astra de cor escura, estariam disputando racha.

Com medo de acidentes, o homem passou pelos dois veículos com o intuito de se distanciar. Porém, já próximo à Avenida Gunter Hans, enquanto aguardava o fluxo diminuir para entrar na via principal, o veículo Audi colidiu na traseira de seu carro, um Sandero.

A família visualizou quando os ocupantes do veículo Astra e do Audi desembarcaram e foram em direção ao carro da família. Em seguida, o motorista do Astra deu um tapa no peito da vítima e o chamou de folgado. Enquanto o motorista do Audi sacou uma pistola, efetuou um golpe para carregá-la e apontou em direção ao peito da vítima, que permaneceu sentada no banco do motorista. 

Nesse momento, o motorista do Audi efetuou um disparo que atingiu a idosa. A vítima estava com um bebê de 5 meses no colo, o tiro atingiu o braço, que transfixou, e atingiu também seu abdômen. Diante da situação, a família saiu em busca de socorro, indo para o UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coophavila.

De acordo com os médicos, o estado de saúde da idosa é considerado grave. A polícia foi acionada e diante das informações fez buscas pelos autores, que já eram procurados por outros crimes de violência doméstica e disparos de arma. Durante as buscas, um dos autores disse que se apresentaria em data posterior, segundo informações passadas por sua esposa. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias