Conexão Direta
com a Notícia
Bataguassu, 17 de Janeiro de 2021
 
12/01/2021 - 14h00
Mortos em confronto podem ter ligação com assassinatos ocorridos na região da fronteira
Redação
Jornal da Nova
 Imagens: Polícia Civil/Divulgação

Os criminosos mortos em confronto com a polícia na noite desta segunda-feira (11), estavam sendo investigados por envolvimentos em dois recentes homicídios na região de Sanga Puitã e nas proximidades da linha internacional, entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, Paraguai.

As ações foram de policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia de Ponta Porã e do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Sequestro) em investigação visando reprimir ações de organizações criminosas atuantes na região, identificaram uma residência localizada no bairro Julia Cardinal, próximo à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), que seria utilizada pelo grupo.

No local as equipes constataram intensa movimentação de pessoas ligadas à facção, bem como indivíduos armados. As investigações apontaram que o local servia de esconderijo para armamento de grosso calibre.

Ao procederem a entrada tática, as equipes da Polícia Civil foram recebidas à tiros pelos indivíduos, sendo necessário repelir a injusta agressão. Após intensa troca de tiros, seis indivíduos ligados à organização criminosa foram feridos, sendo imediatamente socorridos pelas equipes policiais ao Hospital Regional de Ponta Porã. Todavia, os seis indivíduos acabaram vindo à óbito, dos quais apenas um foi qualificado até o presente momento como sendo Oscar Prieto Davalo, de 23 anos.

Dois indivíduos conseguiram fugir pelos fundos da residência, porém vieram a óbito após conflitos com equipes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

No local foram apreendidos dois fuzis 762, duas pistolas Glock calibres 9mm e dois revólveres calibres 38 utilizados pelos criminosos, além de dois veículos roubados. A Perícia Criminal foi acionada e o delegado Alcides Bruno Braun se encontra presente no local acompanhando os procedimentos.

Os foram corpos encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) para a identificação e realização de exame necroscópico.

 

publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
DaHoraBataguassu.com.br
Bataguassu - MS
Telefone: (67) 8135-1068 ou 9637-9190
E-mail: [email protected]
© 2012 - 2014 - Todos os Direitos Reservados
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354